gestão de riscos
  • 11 de março de 2022
  • Em alta

Entenda por que a gestão de riscos de terceiros é urgente em sua empresa

A gestão de riscos de terceiros é algo que permanece na zona de adiamento das ações na sua empresa? Hoje, vamos explicar por que esse assunto deveria estar no topo das prioridades.

Imagine a sua empresa receber uma autuação num valor alto e, ainda, aparecer nos noticiários como irregular devido a algum descumprimento da lei ou de normas por parte da empresa terceirizada.

Todo tomador que não conta com processos definidos na gestão de terceiros está correndo esse risco. É o caso da sua empresa? Continue a leitura, vamos explicar que esse tema é urgente muito além desse motivo.

Compliance em alta

Seguir processos e estar de acordo com regulamentos internos e externos denota que uma empresa é organizada e, portanto, confiável de fazer negócios.

Compliance funciona como um guia de comportamento da organização diante do mercado. Ao adotar padrões éticos, condutas de governança corporativa e de controle interno para todos os setores, uma empresa passa a ser vista como mais confiável por contratados e contratantes.

Isso vale tanto para tomadores quanto para terceirizados, pois as parcerias estratégicas estão cada vez mais exigentes. A gestão de riscos de terceiros contribui para isso.

Questões de LGPD

A Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD visa tratar dados pessoais com segurança e confidencialidade, garantindo que as informações coletadas serão usadas apenas para fins específicos que são deixados bem claros desde que são fornecidos com a autorização da pessoa.

No caso da gestão de terceiros, o tomador lida com dados de funcionários de empresas terceirizadas o tempo todo. O acesso a essas informações e também o monitoramento de que tudo está regular enquanto o colaborador terceirizado atua na empresa contratante é fundamental.

Quando uma fiscalização ocorre, ou algum esclarecimento é solicitado, uma organização que está em dia com a gestão de terceiros evita multas e repercussões negativas.

Com uma ferramenta de gestão, o controle dos acessos e aos usos desses dados fica muito mais fácil e organizado. Esse quesito não pode ser ignorado, pois, quanto mais integradas são as equipes, os times e os processos, mais os dados podem acabar expostos com qualquer pessoa tendo acesso.

Proteger-se de irregularidades de empresas terceiras

Não é porque um colaborador tem contrato de trabalho vinculado a uma empresa terceira que o tomador do serviço se exime das responsabilidades. Uma vez atuando nas propriedades da empresa, sejam limites físicos – nas dependências da empresa – ou digitais – em arquivos compartilhados -, o tomador também responde por atos e situações dos colaboradores contratados pelo terceiro.

Isso envolve casos como acidentes de trabalho, uso de equipamentos de proteção individual – EPIs, e até o devido pagamento dos direitos trabalhistas.

Caso um colaborador de terceiro esteja em situação irregular, com pagamentos atrasados ou mesmo em situação análoga à escravidão, mesmo que o tomador não seja responsável pelo pagamento de pessoal, pode responder. 

A única maneira de fazer o controle é com um processo de gestão de terceiros criterioso e organizado. Conte com a solução da Tertium Online para agilizar esses processos de gestão de risccos e elimine as preocupações com irregularidades que podem custar caro à empresa.

11 mar 2022

Projeto premiado

Apoio

Desenvolvedores